Como Criar Um Blog

Como Criar Um Blog : O Guia Em Falta

Saber como criar um blog é importante antes de decidir em criar um e começar a publicar conteúdo online. É importante conhecer todos os passos necessários para a criação e sucesso de qualquer blog se deseja ter sucesso com o seu blog. Sucesso é algo que todos nós queremos alcançar mas ele depende de vários factores.

Pretendo com este guia mostrar os passos necessários para criar e estabelecer um blog que lhe possa ajudar a concretizar os seus objectivos. Não importa quais forem esses objectivos é possível alcançá-los se seguir todos os passos necessários para poder chegar até lá.

Criar um blog é mais do que criar e publicar conteúdo, existem muitos outros aspectos importantes para o sucesso do blog. Todo o blog é composto por várias partes, e cada uma delas é dependente da outra para o seu sucesso. Portanto, publicar conteúdo não é o suficiente para alcançar os seus objectivos.

Um blog de sucesso também leva tempo para poder ter o sucesso que deseja, possivelmente deverá ter visto ou ouvido vários blogueiros falar sobre o quanto é importante ter um blog. Muitos vendem a ideia de que ter um blog é muito simples e pessoas acabam criando os seus blogs cegamente sem conhecer todos os passos necessários.

Espero que através de guia possa lhe ajudar a iniciar a sua carreira como blogueiro e alcançar sucesso na blogosfera. Com dedicação, muito trabalho e paciência é possível alcançar aquilo que é o seu desejo ao criar o seu blog. Então vamos a isso, mas gostava de frisar que este guia é relativamente longo, por isso você terá que investir um pouco de tempo nele. Ou até mesmo colocar no marcador de modo a que possa recorrer a ele sempre que for necessário.

O Que é Um Blog

Como Criar Um Blog

Um blog é um site onde você publica conteúdo de forma regular. Contrastando com os websites normais é que o blog é dinâmico, enquanto que um Website é estático. No blog o foco está na apresentação de conteúdo e no engajamento com a sua audiência, enquanto que num site o foco está na apresentação de produtos ou serviços.

O propósito do blog é de publicar conteúdo de forma regular e estruturada, e estabelecer um contacto com uma determinada audiência. Através desse contacto pode se então estabelecer bases para posteriormente alcançar os seus objectivos com essa mesma audiência.

No início os blogs eram apenas diários digitais onde as pessoas partilhavam os seus pensamentos, ideias, ou até as suas histórias. Era algo que as pessoa levavam apenas como um hobby. Mas na actualidade os blogs são mais do que apenas hobbies, é claro que você tem a liberdade blogar como um hobby, mas não precisa se limitar a isso.

Actualmente os blogs são ferramentas muito estratégicas que as usam não só para partilhar as suas ideias, mas até para criar movimento, criar negócios, criar marcas, e até para promover os seus negócios. Os blogs evoluíram muito ao longo dos anos, até chegarem onde eles estão hoje.

Os blogs desempenham um papel importante na partilha de informação, assim como também na democratização da mesma. Pois eles permitem que qualquer pessoa que tenha uma mensagem ou alguma paixão possa publicar isso online. Uma vez estando essa informação online, ela pode ser consumida por milhares de pessoas.

Veja só que sempre que alguém pesquisa por um assunto online, a informação que a pessoa procura aparece dentro de um blog. Isso vem só para demonstrar o papel dominante que os blogs desempenham na publicação e disseminação de informação pela internet.

Daí que se você estiver interessado em publicar algo online, a melhor forma de iniciar é através da criação de um blog. Ao criar um blog você acaba estabelecendo a sua plataforma de publicação online. Ao fazer isso você se posiciona como um perito na sua área de operação.

Não é por acaso que você está a ler este conteúdo num blog, só para mostrar o quão poderoso os blogs são.

Se pesquisar pela internet irá verificar que existem vários tipos de blogs cobrindo tópicos e temas de várias áreas da vida. Há blogs quase tudo, desde culinária, saúde, moda, tecnologia, negócios, finanças pessoais, empreendedorismo, relacionamentos, viagens, política, desporto, notícias, e muito mais.

Como pode ver não há limite para o tipo de blogs que você pode criar, você é livre de criar o blog que quiser desde que seja dentro de uma área em que você tenha paixão e algum conhecimento.

Quem Pode Criar Um Blog

Qualquer pessoa pode criar um blog, desde que tenha algo para partilhar com o mundo. Independentemente da sua idade, localização geográfica, género, se é formado ou não, isso não importa.

O facto é que todos nós temos algo para partilhar com o mundo, muitas vezes nós pensamos que não. Preste atenção na sua vida, o que você estudou, o que você aprendeu ao longo dos anos, o que você sabe fazer, qual é a sua paixão.

Muitos deixam-se limitar pensando que só os especialistas numa determinada área é que podem criar blogs e partilhar conteúdo. Muito pelo contrário, qualquer um pode. Desde que você tenha um computador e tenha acesso à Internet. Felizmente, não é necessário que você tenha algum conhecimento técnico específico para poder blogar.

Como Criar Um Blog

Plataformas como Blogger e o WordPress são muito simples de usar, de tal forma que qualquer pessoa que saiba manusear um computador, pode também ter um blog online. Portanto, se você está aí pensando que blog não é para si porque não tem conhecimento sobre tecnologia, ou porque não tem nada para partilhar. Fique sabendo que você tem algo para beneficiar e impactar a vida de alguém.

Por isso, comece a pensar seriamente naquilo que você tem para dar, em como é que você pode partilhar a sua informação e conhecimento com o mundo. O mundo está à sua espera para poder ler o seu blog.

Vantagens de Ter Um Blog

Se deseja iniciar um blog e está a procura de motivação para tal, é momento de conhecer alguns dos benefícios de ter um blog. Existem vários, e provavelmente alguns deles lhe possam inspirar para que possa criar o seu se é que ainda não o fez.

  • Blogs aumentam a sua credibilidade
  • Blogs aumentam a sua popularidade
  • Você se torna conhecido como um expert na área
  • É bom para marketing
  • Você pode vender seus produtos ou serviços
  • Você pode se tornar num consultor na área
  • Você pode fazer muito dinheiro
  • É uma oportunidade para expressar as suas ideias
  • É relativamente fácil
  • Oferece-lhe uma oportunidade para ajudar muitas pessoas
  • Você pode-se tornar num bom escritor
  • Muita gente procura informação em blogs

Porquê Criar Um Blog

Existem muitos motivos que fazem com que as pessoas criem blogs, e você também pode e deve ter o seu. Seja qual for o motivo não existe uma regra que defina se você pode ou não criar um blog. A regra geral é simples, ter algo para partilhar com o mundo, ter paixão, e estar pronto para trabalhar.

Aqui mostro alguns dos motivos que fazem com que algumas pessoas criem blogs. Dentre todos estes você poderá se identificar com alguns ou acrescentar o seu na lista.

  • Simplesmente pelo prazer de ter um blog
  • Para documentar a sua vida
  • Para usar como uma plataforma para fazer o bem
  • Para criar uma audiência
  •  Para acelerar o seu negócio
  • Para vender seus próprios produtos
  • Para que tenha uma base na Internet
  • Para inspirar os outros
  • Para aprender uma nova competência

Obstáculos Para Não Criar Um Blog

Algumas pessoas querem criar blogs mas apresentam muitas desculpas para não iniciar, algumas dessas desculpas são legítimas mas outras são apenas imaginárias. Aqui estão alguns dos obstáculos que alguns têm para não criar os seus blogs. Mas permita-me mencionar que essas são apenas desculpas, você pode criar o seu blog e deve começar a trabalhar nisso agora.

  • O medo
  • Acha que não é bom o suficiente/ não é um expert
  • O seu conteúdo já está sendo partilhado
  • Pensar que ninguém vai ler o seu blog
  • A falta de segurança
  • A procrastinação
  • O perfeccionismo
  • A indecisão
  • Não tem entendimento sobre tecnologia
  • Não saber escrever

 Porquê Criar Um Blog

Existem várias razões para iniciar um blog, e muita gente começa com os mais variados motivos. Alguns dos motivos que fazem com que as pessoas iniciem blogs são:

=>Para partilhar o seu hobby
=>Para partilhar o seu conhecimento
=>Para fazer amizades
=>Para granjear reconhecimento
=>Para promover um produto/serviço
=>Para fazer dinheiro
=>Para partilhar as suas paixões

Olhando para o que motiva as pessoas a iniciarem blogs podemos ver que são vários, e não existe um motivo certo ou errado. Tudo depende daquilo que são os seus objectivos. O importante é que você tenha objectivos claros e bem definidos sobre porque é que você quer criar um blog, e manter o foco.

Manter o foco nos seus alvos é o que é importante, porque é muito fácil se distrair online. Daí que você tem que estabelecer à priori o porquê do criar o seu blog.

Comece por se perguntar porque é que você quer criar um blog?
O que é que você pretende atingir com esse blog?
E quais são os passos que deve tomar para chegar lá?

Tenha clareza sobre o que você quer com o seu blog, e foque-se na concretização dos seus objectivos.

Escolher Um Nicho

Como Criar Um Blog

Para se posicionar correctamente online é preciso você escolher um nicho. Muitos cometem o erro de escolher um mercado generalizado e extremamente competitivo. Isso acaba por criar dificuldades de posicionamento e até de alcance dos resultados desejados.

É importante entender a diferença entre mercado e um nicho.
Um mercado é um grupo amplo que abrange um determinado ramo de interesse. Por exemplo, existem vários mercados que podemos identificar.

– Saúde
– Finanças
– Desenvolvimento Pessoal
– Desporto
– Entretenimento

Esses são alguns dos mercados existentes, claro que existem muitos outros mercados. Esse é apenas um guia para que você possa compreender o que eles são.

Sendo assim, o que é um nicho?

Um nicho é um segmento mais restrito e específico dentro de um determinado mercado. Peguemos nos exemplos descritos acima para identificar alguns nichos.

=>Saúde=>Saúde Infantil, Perda de Peso, Doenças Cardíacas, Medicina Oriental, etc
=>Finanças=>Finanças Pessoais, investimentos, serviços bancários, bolsa de valores
=>Desporto=>Futebol, Basquetebol, Ténis, Ginástica, Artes Marciais,
=>Entretenimento=>Música, Teatro, Instrumentos Musicais,

Como pode ver no exemplo acima, mostrei vários exemplos de nichos que você pode escolher. E dentro de nichos existem também sub-nichos, o importante é ir o mais fundo possível. Quanto mais fundo você for, melhor a sua vantagem competitiva.
Peguemos novamente nos exemplos que descrevemos acima para identificar alguns nichos dentro de nichos, ao que chamamos de sub-nichos.

– Finanças=>Finanças Pessoais=>Investimentos=>Forex
– Desporto=>Futebol=>Futebol de Salão=>Equipamento Para Futebol de Salão=>Bolas para futebol de salão
– Entretenimento=>Música–>Música Tradicional–>Música Tradicional Africana
– Vestuário=>Vestuário Para Mulheres–>Roupa Interior Para Mulheres–>Roupa Interior Para Mulheres Grávidas

Como Escolher Um Nicho

Como Criar Um Blog

Existem vários critérios que você pode usar para escolher o seu nicho. Contudo, este processo não precisa ser complicado, porque não é. Muitos perdem tempo neste processo e acabam entrando em parálise de análise.

Parálise de análise ocorre quando passámos muito tempo a pensar e a analisar o nicho que devemos escolher. E no meio de muitas opções e alternativas acabamos não sabendo o que fazer ou por onde começar.

A forma mais eficaz de descobrir o seu nicho é observando os seguintes factores:

A sua paixão

Comece pelas suas paixões. O que é que você gosta de fazer e o faz com a maior naturalidade. Em que é que você passa a maior parte do seu tempo. O que é que você gosta de ler. Quais são os seus tópicos preferidos. Quais são os blogs que você costuma pesquisar online. Qual é o tipo de conversas que você gosta de ter? Que programas televisivos você prefere assistir?

Use essas perguntas como guia para escolher e se decidir no seu nicho.

O seu conhecimento

O que é que você sabe fazer? Qual é o conhecimento que você adquiriu ao longo dos anos? O que é que você aprendeu na escola? O que é que você está aprendendo na actualidade?

Todos nós temos alguma área de conhecimento. Considere o tipo de perguntas que as pessoas lhe fazem? Que tipo de ajuda é que as pessoas costumam solicitar de si? Está relacionado com computadores? Alguma coisa com desenho gráfico? Algo que tem a ver com a escrita? Será com o ensino da língua Inglesa ou um outro idioma? Será que você é bom em Matemática? Ou tem algum conhecimento na área da música? Será desporto? Algum tipo de desporto em particular?

Faça um tempestade de ideias de ideias sobre aquilo que você sabe fazer? Preste atenção aos pedidos de ajuda que as pessoas costumam solicitar de si. Aí poderá estar escondido um potencial para aquilo que você pode usar como nicho online.

A sua experiência

A outra que você pode usar para identificar o seu nicho é ter em consideração as suas experiências. O que é que você já fez? Em que é que você trabalhou?

Uma experiência pessoal tem muito valor e peso com as pessoas. Isso porque experiências pessoais conectam-se com muita facilidade com as pessoas. Será que você está confortável para falar sobre a sua experiência sobre como é que você venceu o vício das drogas. Possivelmente você passou por divórcio e conseguiu superar isso, a sua experiência poderá ajudar a quem esteja a passar pelo mesmo desafio.

Se você esteve endividado e conseguiu liquidar as suas dívidas, pode também partilhar a sua experiência para ajudar aqueles que estão endividados.

Todos nós temos alguma experiência, e existe sempre alguém que poderá beneficiar-se da nossa história. Preste atenção a esses episódios na sua vida, e considere uma forma de poder catalogar isso e partilhar com outros online.

O seu interesse

Considere também as áreas de interesse que você tem. Pode ser que você esteja interessado em aprender algo, e enquanto você aprende pode partilhar esse conhecimento com as pessoas.

Pesquisando o Que é de Interesse Público

Se todas essas formas de identificar um nicho não funcionam para si, a última alternativa seria de procurar o que é de interesse público. Pesquisando por aquilo que as pessoas procuram é uma forma de ideal de acertar no nicho certo.

Isso porque você aqui não está adivinhando, mas sim estará baseando a sua escolha naquilo que as pessoas já estão à procura online. É possível fazer esse brainstorm de ideias usando vários recursos à nossa disposição.

Vejamos os seguintes recursos que você poderia usar para atingir esse objectivo:

Eu recomendo o uso de um mapa mental para fazer o mapeamento como o Mindmeister para criar os seus mapas mentais. Essa é uma ferramenta online e permite que você crie três mapas mentais grátis. Se estiver a procura de uma ferramenta para o desktop eu recomendo o Freemind.

Conectando o Seu Nicho Com o Que o Público Quer

Depois de encontrar o seu nicho, o passo a seguir é entrar no processo de pesquisa online para perceber se existe demanda por essa nicho. A ideia aqui é tentar descobrir se existem pessoas suficientes interessadas naquilo que você vai oferecer.

Para tal nós vamos usar algumas ferramentas da web que nos poderão mostrar se realmente existe demanda pelo seu tema. O que você não quer é escolher por exemplo um tema baseado num hobby em muito poucas pessoas estão interessadas.

Esse passo é extremamente importante para que você não perca tempo com algo que só interessa a muito pouca gente.

Defina o Seu Público Alvo

Como Criar Um Blog

Uma das questões que você deve definir é sobre quem é o seu público alvo. Com quem é que você estará falando? Quem precisa do tipo de conteúdo que você irá partilhar? Quem são essas pessoas e onde é que elas se localizam. Quais são as necessidades do seu público alvo.

É fundamental que você tenha uma ideia clara sobre quem essas pessoas são e falar directamente com elas. Isso porque você tem que olhar para o seu blog como uma solução para um problema ou vários problemas enfrentados por um grupo de pessoas. Mas é importante saber quem são essas pessoas.

Cada artigo que for a publicar deve ser criado para o seu público alvo, deve ir ao encontro de algum problema ou alguma dor que esse público estiver a enfrentar. Mas para tal identifique antes quem são essas pessoas.

Ao definir o seu grupo alvo considere os seguintes aspectos:

Dados Demográficos

  • Faixa Etária
  • Localização Geográfica
  • Etnia
  • Género
  • Grupo Racial
  • Qualificações Académicas
  • Estatuto Social

Esses são alguns dos critérios que deve usar para definir quem é o seu grupo alvo. Alguns exemplos de possíveis grupos alvos seria:

  • Mulheres solteiras dos 35-40 anos de idade residentes em Portugal;
  • Homens amantes de Basketbol
  • Executivos dos 45-55 anos de idade
  • Jovens dos 18-24 anos de idade amantes de tecnologias.

E por aí em diante, o importante é que você tenha uma ideia clara sobre quem essas pessoas são.

Definição do Problema

O outro aspecto está relacionado com o problema que o seu blog resolve. Lembre-se que o seu blog é uma solução para algum problema que alguém está enfrentando. A questão é qual é esse problema. Antes de iniciar o seu blog é importante que tenha clareza sobre quais são os problemas enfrentados pelo seu grupo alvo.

Tendo esse aspecto em consideração, todo o conteúdo que for a publicar será para solucionar o problema ou problemas do seu público alvo. Identifique e defina o problema que o seu público alvo estiver a enfrentar e solucione esse problema através do seu conteúdo.

Estabeleça o Seu Diferencial

De acordo com Blogging.org existem mais de 300 milhões de blogs no mundo inteiro. Perante estes dados estatísticos você já deve perceber que terá que batalhar tanto para poder ter visibilidade. A chave para ganhar visibilidade online está no seu diferencial, só assim é que o seu blog terá a atenção que você deseja.

Uma das principais chaves para ter sucesso com o seu blog é o seu diferencial. Devido a grande competição que existe online você tem que saber se diferenciar do resto. Se não tiver um diferencial claro o seu blog será mais um blog na blogosfera, e sendo assim corre o risco de cair na obscuridade.

Quando se cria um blog o objectivo principal é ter atenção do seu público alvo, e isso não é fácil de se fazer. A internet está saturada com blogs bons e maus. Por vezes blogs que não tem a qualidade do seu blog podem ter maior atenção que o seu. Para que você destrone a esses blogs de má qualidade é importante que você se posicione de forma estratégica.

A melhor forma de se posicionar estrategicamente com o seu blog é através do seu principal diferencial. É importante que o seu diferencial seja claro para que todos vejam e percebam. Por isso é necessário que você tenha clareza sobre qual é o seu diferencial e se saiba como articular isso.

A pergunta que tenho para si é como é que você se diferencia online? Como é que o seu blog se posiciona diante dos outros na blogosfera?

Algumas formas de se diferenciar são:

  • A sua personalidade;
  • A sua forma de se expressar;
  • O tipo de conteúdo que usar;
  • A qualidade de conteúdo;
  • A forma de se relacionar com o público;
  • O público alvo;
  • Etc.

Essa são algumas das ideias que pode-se usar para definir o seu diferencial, seja qual for o seu diferencial é importante que ele seja claro. Isso tem que ser patente na sua comunicação com os seus leitores. Qualquer pessoa que visitar o seu blog tem que ser capaz de notar esse diferencial.

Escolher Um Domínio

Como Criar Um Blog

O Segundo passo para criar um blog é escolher um domínio para o seus blog. O domínio é a identidade e a localização do seu blog na Internet. É através do seu domínio que as pessoas serão capazes de localizar o seu blog online. Sem o qual é impossível ter uma presença online.

Pense num domínio como o seu endereço online, porque afinal de contas é isso que ele é. Ele serve para identificar, e facilitar o acesso ao seu blog e ao conteúdo que você tem para oferecer aos seus leitores.

A estrutura de um domínio normalmente segue o seguinte padrão www.seusite.com. E é através desse domínio que você poderá tanto aceder ao seu blog, assim como também se tornará fácil aos outros acederem ao seu blog online.

Existem alguns passos para a escolha de um domínio tais como:

– Que seja fácil de lembrar
– Fácil de soletrar
– Que não seja muito longo, menos de dez letra é o ideal e até cinco é melhor.
– Algo que se identifique e esteja relacionado com o seu tema
– Comece com .com de preferência
– Evite Usar caracteres especiais
– Evite usar números se for possível
– Evite usar o hífen
– Use o seu idioma

Onde Registar Um Domínio

Os domínios normalmente registam-se em empresas de registos de  domínios (em ínglês domain registrar). E você tem a opção de registar o seu domínio por um ano ou por mais. Eles são no mínimo renováveis anualmente. Tudo o que você tem que fazer é ir até esses registadores online, pesquisar sobre a disponibilidade do seu domínio, e pagar o valor para tal.

Existem vários registadores de domínios, mas você pode começar pelo Namecheap. Normalmente as empresas de hospedagem como o Godaddy e o Hostgator também oferecem domínios quando você regista a hospedagem do seu blog com eles.

Contratar Um Serviço de Hospedagem

Os serviços de hospedagem são as empresas onde você hospeda o conteúdo do seu blog. Normalmente eles ficam em servidores das empresas de hospedagem. A vantagem de usar serviços de hospedagem dedicados para tal é que eles têm uma infraestrutura dedicada para tal. Essa infraestrutura é composta por servidores de alta qualidade e dimensão, que gozam da segurança adequada, e também cuidam de todos os aspectos técnicos que se relacionam à hospedagem do seu conteúdo online.

Servidores não são nada mais do que computadores extremamente avançados, e especializados para cumprirem com uma certa tarefa com rapidez. Entre as maiores empresas que oferecem serviços de hospedagem estão a Bluehost e a Hostgator. Estas empresas cuidam de todo o processo de hospedagem e segurança do seu blog.

Escolher a Plataforma Certa

Como Criar Um Blog

O sucesso do seu blog para além de outros factores depende muito da plataforma que você escolher para criar o seu blog. Existem várias plataformas para tal e muitas dessas até são grátis, mas cada uma serve um determinado propósito. Dentre as mais populares plataformas para a criação de blogs destacam-se o Blogger e o WordPress.

Para este caso eu recomendo que use o WordPress para criar o seu blog por vários motivos:

  • WordPress é grátis
  • É versátil
  • É seguro
  • É optimizado para os motores de busca
  • É fácil de aprender
  • Tem uma grande comunidade de fãs
  • Está em constante evolução
  • Tem uma multidão de temas para configuração
  • É extensível
  • Oferece-lhe liberdade total
  • Está na sua própria plataforma

Antes de avançarmos é importante mencionar que existem duas variantes do WordPress. Existe o WordPress.com e o WordPress.org. A diferença entre as duas plataforma está no facto de que com WordPress.org você pode instalá-lo na sua própria plataforma online. O que quer dizer que você assume o controle total do seu blog. Enquanto que WP.Com está nos servidores da empresa Automattic, a empresa que detém esta plataforma.

Uma vez mais a minha recomendação é que você use o WP.org e tenha o controle total do seu site desde o princípio.
É importante falarmos agora sobre como é que você pode ter a plataforma do WordPress no seu servidor, é o que vamos cobrir no próximo passo.

Instalar WordPress no Seu Servidor

Assumindo que você já tem o domínio e a hospedagem, uma vez mais recomendo o uso da Hostgator ou Bluehost. Vamos agora proceder ao processo de instalação de WordPress no seu servidor. É um processo simples, intuitivo, e só leva cinco minutos. Vamos a isso, e siga as instruções que se seguem.

Depois de terminar este processo vamos fazer umas pequenas configurações do seu novo blog e vamos instalar o tema e o plugin.

Leia como instalar WordPress no seu servidor  para poder ter WordPress em funcionamento.

Instalar Um Tema e Configurar o Seu Blog

O WordPress faz o uso de temas para configurar a aparência do seu blog. Existem vários tipos de temas e para todos os propósitos. Existem também temas grátis e temas premiam, que você pode adquirir mediante o pagamento de um certo valor. A vantagem de um em relação ao outro é que os temas grátis vem com várias limitações. Não permitindo muitas vezes que você possa fazer todo o tipo de configurações que quiser.

Os temas premium em contrapartida oferecem-lhe toda a liberdade de personalização do tema a seu bem gosto. Desde a inserção de logotipos, mudança de cores, alteração de links no rodapé, e até a certas configurações avançadas. É sempre importante escolher um tema que esteja direccionado para a criação de um blog e que o ajude a alcançar os seus objectivos online.

Para este caso eu começaria por recomendar dois temas grátis que são muito bons para quem está a começar. Esse temas são o GeneratePress e o Sparkling. Os dois são bons temas para blog, mas você só pode usar um, escolha um deles na área de temas do WordPress e instale no seu blog.

Essas são apenas algumas recomendações, mas se preferir você pode dedicar algum tempo procurando no directório de temas por um tema que lhe agrade. Começar com um tema grátis não faz mal, mas é importante depois investir num tema pago e personalizado para as suas necessidades.

Bons lugares por onde começar por temas pagos que possam dar um tom mais personalizado ao seu blog são:

Depois de instalar o seu tema é tempo de começar a fazer as devidas configurações. Existem várias funcionalidades que você precisa ter no seu blog que são:

– A possibilidade dos seus visitantes poderem aceder ao seu site, e ler o seu conteúdo. Para tal você tem que criar algumas páginas. Recomendo já que comece por criar a página sobre, a página de contacto, e a página de serviços se for o caso. Se achar que precisa de mais páginas pode o fazer.

– Terá que criar também um menu de navegação de modo a facilitar os seu visitantes a navegarem o seu site. No menu de navegação é onde você insere as suas páginas.

– Crie também as categorias principais do seu blog. Algumas dessas categorias podem ir para o menu de navegação. E isso é tudo quanto ao que deve estar no menu.

Instalar Plugins

Como Criar Um Blog

Existem certas funcionalidades específicas que você precisa ter no seu blog. WordPress utiliza pequenos programas que se chamam plugins ou extensões para o efeito. Existem plugins quase para tudo o que você quiser fazer com o seu site. Só para ter uma ideia do que estou a falar, o repositório oficial de plugins do WordPress tem neste momento. Mas para facilitar a sua vida eu recomendo que use alguns plugins essenciais para a funcionalidade do seu blog.

Aqui vai a lista dos plugins que eu recomendo que instale:

Contact Form 7

Este plugin contém uma suite de funcionalidades que teremos que configurar de modo a oferecer uma robustez ao seu site.

Ithemes Security

Com este plugin você será capaz de proteger o seu site ao máximo.

WP Super Cache

Este plugin serve para acelerar a velocidade de carregamento do seu site. Isso é importante para que as suas visitas não tenham que aguardar muito tempo à espera que o seu site rode.

Yoast SEO

Optimização de buscas é a parte mais importante do seu site. Você precisa deste plugin de modo a optimizar o seu site para buscas. Ele vai facilitar na indexação dos seus artigos pelos motores de pesquisa.

Akismet

Quando você começar a publicar artigos no seu blog, irá receber muitas mensagens não solicitadas enviadas por bots vulgarmente designadas por “spam”, E você não quer isso. Este plugin vai ajudar a expurgar esse tipo de mensagens.

Tiny MCE Avanced

Este plugin oferece-lhe mais opções de edição dos seus artigos. Ele instala várias componentes de edição na principal área de edição do WordPress. Assim você terá uma experiência semelhante à que você tem no MS-Word.

Smush Image Compression

O uso de imagens é fundamental para a apresentação do conteúdo do seu blog. Para tal é necessário o uso de imagens. Por vezes o uso de imagens traz consigo algumas desvantagens, principalmente quando elas são grandes. Elas consomem muitos dados e demoram a carregar. Como solução para tal é necessário comprimir e optimizar as imagens para que possam carregar com rapidez.

É importante fazer isso sem perder a qualidade das imagens, o Smush Image Compression ajuda a comprimir as suas imagens e optimizá-las para a máxima performance.

WP-Optimize

A informação que você publica no seu blog fica alojada na sua base de dados que por sua vez se encontra so serviço de hospedagem. À medida que você for a criar conteúdo para o seu blog e utilizar vários plugins, a sua base de dados poderá ficar cheia e afectar negativamente na performance do seu blog. Para tal é necessário optimizá-la. O WP-Optimize toma conta do recado.

Broken Link Checker

Este plugin ajuda a localizar links e imagens que estejam quebradas no seu site.

Updrafts

O teu site não está seguro até que você tenha backups, e que possa ter acesso a eles fora do seu site. O Updrafts toma conta do recado.

SUMO

Este é uma suite de funções que o plugin contém que o ajudarão a partilhar os seus artigos nas redes sociais, captar emails dos seus visitantes, e até manter contacto com a sua audiência.

Editorial Calendar

Este plugin permite criar um calendário editorial para que possa programar os artigos que irá publicar no futuro. Com este tipo de organização permite que você esteja melhor preparado e tenha uma ideia sobre o que irá publicar de antemão.  O Editorial Calendar permite-lhe que esteja melhor preparado e organizado, e isso é bom para qualquer blogueiro.

Publicação de Conteúdo

Como Criar Um Blog

Depois de instalarmos e configurarmos o seu blog com o tema e os plugins necessários, é hora de começar a publicar conteúdo. Conteúdo é que é a parte mais importante do seu blog. Ele existe para você publicar conteúdo. Se você não publicar conteúdo, então ninguém virá para o seu blog porque não tem nada para consumir.

Nesta altura você deve começar a pensar no tipo de conteúdo que você irá publicar no seu blog. Existem vários tipos de conteúdos para diferentes tipos de audiência. É por isso que é importante conhecer a sua audiência de antemão, e saber quais são as suas necessidades, e como é que eles aprendem.

Esse foi um dos primeiros passos que nós cobrimos neste guia. Uma vez que você já sabe quem é a sua audiência e o seu método preferido de consumir informação, é tempo de começar a oferecer esse conteúdo.

Mas antes para que estejamos claros, é importante conhecer os tipos de audiências e de conteúdo que você poderá produzir para cada um deles.

Existem três tipos de estudantes:
Auditivos: alunos auditivos aprendem melhor ouvindo. O melhor tipo de conteúdo para este grupo de pessoas é em formato áudio. Por exemplo mp3 ou podcasts.

Visuais: estes são alunos que preferem aprender de forma visual. Eles preferem ver do que apenas escutar. O melhor formato de conteúdo é todo aquele que se apresenta visualmente. Você pode usar apresentações em vídeo, slides em power point.

Quinestéticos: este grupo de alunos prefere usar as suas mãos. Eles não aprendem a não ser que coloquem em prática tudo o que eles estiverem a escutar. Para este grupo de alunos é melhor oferecer formas de eles praticarem o que aprendem através de conteúdo interactivo. Onde eles tenham que escrever, e praticar tudo o que eles aprendem.

Agora que você já conhece os três tipos de alunos e os seus métodos preferidos de aprenderem, é hora de colocar isso em prática através de conteúdo que vá ao encontro das suas necessidades.

Felizmente você pode apresentar todo esse tipo de conteúdo no ambiente editorial do WordPress. WordPress permite que você possa publicar conteúdo no formato escrito, visual, e auditivo. Você pode apresentar slides, vídeos, e também áudio no formato MP3.

Ao apresentar conteúdo para a sua audiência é importante não se limitar a um único tipo de conteúdo. Você sempre pode fazer uma combinação de todos os tipos de conteúdos possíveis. Mas tudo depende das necessidades da sua audiência e o seu método preferido de publicar conteúdo. O importante é que você comece a publicar conteúdo para a sua audiência agora.

Regularidade

Um aspecto a considerar quando se trata de publicação de conteúdo relaciona-se com a sua regularidade. Quantas vezes por semana você tem que publicar para a sua audiência. Isso depende. No princípio, quando os blogs começaram a se tornar populares, muitos advogavam a publicação diária de conteúdo. Isso porque dessa maneira o seu blog seria indexado pelos motores de busca com rapidez.

Mas as coisas mudaram consideravelmente nos últimos anos. E os motores de busca já não caem para qualquer tipo de conteúdo. O argumento era sempre que você deveria apenas publicar um artigo de 300-500 palavras e isso era suficiente. É verdade, mas esses tempos já se foram.

Daí que torna-se um pouco difícil publicar conteúdo de qualidade se você tiver que publicar todos os dias. A discussão agora é, quantidade vs qualidade. Será que você prefere publicar conteúdo que não tenha nenhuma qualidade só pelos simples facto de querer publicar? Ou você prefere levar mais tempo a publicar conteúdo de qualidade. O meu conselho é que você publique conteúdo de qualidade. Sendo assim, você saberá quanto tempo poderá levar para publicar esse tipo de conteúdo para a sua audiência.

O outro aspecto a considerar é que o conselho de muitos “Gurus”, sempre foi que você deve publicar para os humanos e para os motores de pesquisa. Meu conselho é, publique conteúdo para os seres humanos, e os motores de pesquisa o encontrarão. E a lógica é simples. Se o seu conteúdo for bom, as pessoas irão comentar, irão partilhar, e consequentemente isso irá atrair mais visibilidade ao seu conteúdo.

Isso é melhor do que publicar conteúdo e esperar que os motores de pesquisa o encontrem. Imagine isso num horizonte de milhões de artigos que são publicados diariamente. Qual é que você acha que será a probabilidade do seu conteúdo for encontrado online. Hum…algo para pensar não é?

Promoção/ Geração de Tráfico/Visitas

Como Criar Um Blog

Agora que você já começou a produzir o seu conteúdo, é importante começar a promovê-lo. Não importa o quão bom o seu conteúdo for, se ninguém sabe da sua existência então ninguém se chegará a ele. A estratégia de publicar e esperar não funciona. A melhor estratégia é publicar e promover.

O objectivo da promoção é de dar mais visibilidade ao seu conteúdo. Sempre que você publicar novo conteúdo é importante investir tempo na sua promoção. É aqui onde o princípio de Pareto se aplica, ou seja, 20/80. Este princípio que se popularizou pelo economista Italiano Wilfredo Pareto. Este princípio diz que 80% dos resultados é produzido por 20% de trabalhadores, 80% da riqueza global está nas mão de 20% das pessoas, 80% dos resultados que se atingem numa empresa ou organização é produzido por 20% das pessoas.

Como é que esse princípio se aplica na promoção do seu blog? Isso significa que você deve dedicar 20% do seu tempo a criar e publicar conteúdo, e 80% na promoção. O resultado que você quer alcançar com o seu blog, que é visibilidade e o objectivo para o qual você criou o blog depende muito do seu investimento na promoção.

Existem várias formas de promover o seu blog, você pode usar as seguintes:
Publicar comentários em blogs relacionados com o seu: esta estratégia funciona bastante. Mas é importante que você seja genuíno e publique comentário edificantes.

Publicar nas redes sociais: você pode fazer isso directamente do WordPress. Logo que publicar um conteúdo ele é publicado para várias redes sociais tais como o Twitter, Facebook, Google Plus, e outras. Partilhe o seu artigo com o maior número de pessoas possível.

Guest Blogging: Esta é uma maneira eficaz de atrair visitas para o seu blog. Quando você publica artigos em outros blogs, você ganha visitas para o seu blog através do link que inserir para as pessoas puderem visitar o seu blog.

A sua lista de Email: a sua lista de email é um grande activo para si. No ponto a seguir falaremos sobre a importância de ter uma lista de email.

Existem três estratégias principais que você deve usar para atrair visitas para o seu blog. Essas estratégias são:

  • Qualidade de Conteúdo

Para que o seu site tenha visitas e os seus leitores continuem voltando para o seu blog é importante que você produza conteúdo de qualidade. A qualidade do conteúdo que for a publicar é o que irá determinar a retenção de leitores no seu blog, e se eles irão voltar e recomendar.

Se o conteúdo não for bom isso terá um impacto negativo no seu blog e dificilmente você terá visitas. O sucesso do seu blog depende muito da qualidade do seu conteúdo. É importante garantir que os seus leitores encontrem conteúdo que lhes entretenha, eduque, informe, e inspire. O importante é que o seu conteúdo deve alcançar o objectivo para o qual você criou o blog.

  • Estratégia de SEO

Nenhum blog terá bom sucesso online sem uma boa estratégia de SEO. É fundamental que cada artigo que publicar esteja optimizado para SEO de modo a que seja indexado pelos motores de pesquisa. Você deve fazer com todo o tipo de conteúdo que publicar.

A estratégia de SEO que usar é o que irá garantir que o seu conteúdo seja achado online por quem procura pela informação que for a publicar. Portanto, tenha em consideração o uso da melhores técnicas de SEO sempre que publicar qualquer conteúdo no seu blog.

  • Estratégia de Social Media

Com o advento das redes sociais torna-se imprescindível partilhar o seu conteúdo nessas redes. Grande parte dos seus leitores usam as redes sociais para se comunicar e consumir conteúdo. Por isso, é crucial criar condições de partilha do seu conteúdo nas principais redes sociais.

Faça questão de usar plugins como o SUMO e o Click to Tweet para partilhar o seu conteúdo com mais pessoas. Faça isso sempre que publicar um artigo e encoraje os seus leitores a fazerem o mesmo.

Criar Uma Lista de Email

Enquanto você não criar uma lista de email e recolher o nome e o email dos seus visitantes, estará perdendo uma grande oportunidade. Quaisquer que sejam os seus objectivos ao criar o seu blog é importante que tenha uma lista de email.

Veja só, existe uma grande probabilidade das pessoas que visitam o seu blog não voltarem mais. Se elas encontrarem o que as levou até lá, elas depois se vão. Mas você não quer perder a oportunidade de manter contacto com essas pessoas. A única forma de fazer isso é oferecendo uma oportunidade de elas fazerem para da sua lista de email.

Para que tal aconteça você terá que oferecer algo de valor como forma de incentivo para que em troca lhe possam dar o seu nome e email. Você pode oferecer, um eBook, um vídeo, um curso, um áudio, um infográfico, imagens gráficas, um guia, etc. Você pode ser criativo aqui. Mas o que é importante é que seja algo de valor que tenha para oferecer.

Quando as suas visitas lhe oferecem nome e email em troca de algo grátis que seja de valor, você tem uma oportunidade para começar a criar um relacionamento com elas. Você faz isso através de emails que poderá enviar com regularidade com o objectivo de estabelecer esse relacionamento com eles.

Para que isso possa funcionar com eficácia você precisará de um serviço de email com autoresponder. Esse tipo de serviços permite com que você possa criar listas de emails e enviar por meio de serviço de autoresponder. O autoresponder é um serviço que permite que você possa programar emails por enviar com data e hora precisa de forma adiantada. Tudo quanto você tem que fazer é popular o autoresponder com os seu emails, e ele faz o resto para si. O que quer dizer que você não que enviar um email manualmente sempre que alguém se subscrever na sua lista.

Existem vários serviços de autoresponderes populares, mas cada um com objectivos específicos. Eu recomendo porém, que comece por usar o MailerLite. O MailerLite é um serviço que comecei a usar recentemente. Este serviço permite que possa usar o serviço de autoresponder grátis até você atingir mil subscritores. Os outros serviços não permitem que você tenha acesso ao autoresponder grátis.

O Mailchimp é um outro serviço que permite que você possa enviar emails até 2000 subscritores grátis. Mas para usar o serviço de Autoresponder tem que pagar. Por essa razão eu recomendo que use o MailerLite para esse propósito. Com este serviço você tem acesso também a vários templates de Newsletter e de criação de páginas de recolha de emails.

Monetizar o Seu Blog

Como Criar Um Blog

Possivelmente você esteja interessado em ganhar dinheiro com o seu blog, o seu blog pode oferecer-lhe uma grande oportunidade de ganhar dinheiro online. Mas para tal é preciso saber como fazer isso, tudo passa por saber o que fazer e como fazer. Aqui o conhecimento é chave.

Existem várias forma de fazer dinheiro com o seu blog, dentre as quais podemos destacar as seguintes:

– Oferecer Serviços de Consultoria
– Marketing de Affiliados
– Vender Espaço para Anúncios
– Criar um produto Digital

Para quem está a começar com blog, oferecer serviços de consultoria através do seu blog é um bom caminho. Você pode também  recomendar produtos de outras pessoas que estejam relacionados com o conteúdo do seu blog. Ao recomendar esses produtos você receberá uma comissão quando o cliente comprar o produto. As comissões variam entre 40% a 60% em alguns casos.

Plataformas como o Hotmart que um dos maiores marketplaces para a venda de produtos digitais online, é um bom lugar para começar. Visite o site da hotmart e cadastre-se, é grátis. Depois de se cadastrar você poderá então começar a procurar por produtos digitais para recomendar.

Depois de ter o seu blog vem estabelecido e com um bom número de pessoas na sua lista, você pode criar o seu próprio produto digital. Este tipo de produtos  variam, poderá criar os seguintes tipos de produtos digitais:

  • eBooks
  •  Vídeo Aulas
  •  Áudio/MP3
  •  Cursos Online
  •  Site de Membros
  •  Plugins
  • Temas
  • Softwares

Esses são alguns tipos de produtos digitais que você pode começar a criar. Escolha um que achar que está em condições de criar e posteriormente poderá aumentar o número de produtos digitais que criar.

Conclusão

Aqui você tem o guia para poder criar o seu blog ainda hoje. Fiz o esforço de colocar um pouco de tudo que você irá precisar para criar o seu blog. O que tornará o processo relativamente fácil.

O importante depois de criar o seu blog é manter consistência e disciplina, porque vai levar muito tempo até que você comece a ver os resultados que deseja. O importante aqui é estar focado nos seus objectivos e começar a trabalhar neles diariamente.

O conselho que tenho para si é que você não deve desistir nunca. Os resultados poderão demorar chegar, mas eles irão chegar.

Criar e manter um blog é uma grande maratona, e é assim que você deve pensar. Isto não é um sprint, você estará a fazer isso por muitos anos. Assim é que deve ser a sua forma de pensar.

About Edgar Chauque

Edgar Chaúque, também conhecido como "The Web Guy" é o fundador do TecnoFala. Ele partilha a sua grande paixão por tecnologias web aliado ao empreendedorismo. Escreve também para o edgarchauque.com e sejaempreendedor.co

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz
%d bloggers like this: